O colégio cardinalício “virtuoso” de Pe. Fortea

Quando vi a notícia que eu vou comentar abaixo me deu vontade de mandar uma mensagem para o Pe. Fortea dizendo: “kkkkkkk… Olha aí o seu ‘Colégio Cardinalício mais virtuoso que a história já viu’!”, mas não sei como dizer isto em espanhol. O fato é que o Cardeal Cristoph Schönborn culpa em parte o celibato sacerdotal pelos casos de pedofilia praticada por alguns sacerdotes. Será que ele não acredita que a Graça de Deus pode preservar um homem de cometer este pecado, que Nosso Senhor Jesus Cristo mesmo disse ser pior do que o suicídio?(Cf. Mc 9, 42) Mas em vez de culpar uma instituição que é abençoada pela Igreja desde seus primórdios (Cf. I Cor 7, 7s), ele deveria ser um dos primeiros a questionar o porque de, apesar de a maioria absoluta das vítimas de abusos serem meninos, a homossexualidade do sacerdote pedófilo ser omitida sistematicamente em todas as publicações. Ou o porquê de nunca ser comentado o fato os candidatos homossexuais ao sacerdócio dentro dos seminários serem protegidos por certa política de se fazer vista grossa (conforme testemunho de um amigo meu que teve de entrar num seminário francês para fugir destas coisas). Será que isto está ligado, de algum modo, ao fato de que aqueles setores da sociedade que defendem o fim do celibato são exatamente os mesmos que defendem o homossexualismo?

Mas não é só o “virtuosíssimo” Schönborn que dá lá suas mancadas. Temos, também, lá dentro do “Colégio Cardinalício mais virtuoso que a história já viu” no qual “todos buscam a glória de Deus”, o Cardeal Walter Kasper que, além de ser um irenista, escreveu em seu livro – que se chama Jesus Le Christ(Jesus, o Cristo) – que “[r]esulta de tudo isso que nos é preciso qualificar como lendárias muitas histórias de milagres contidas nos Evangelhos”(KASPER, Walter. Jesus Le Christ. Editions Du Cerf, 1976. P. 130). Como busca a glória de Deus este cardeal!

Temos ainda outros exemplos célebres como o do Cardeal Carlo Maria Martini que é favorável ao aborto, ou do nosso (nós quem, cara pálida?) Cardeal Hummes que diz, mui cândida e virtuosamente, que o presidente Lula é um “católico à sua maneira” (o que, em termos políticos, significa também ser favorável ao aborto). Com um Colégio Cardinalício “virtuoso” deste jeito não me admira que estejamos tendo tanta dificuldade para enfrentar a crise de fé que vivemos atualmente.

A notícia sobre o Cardeal Schönborn eu vi no Fratres in Unum, aqui.

Dom Burke e Dom Ranjith no Colégio Cardinalício, já!!!

4 opiniões sobre “O colégio cardinalício “virtuoso” de Pe. Fortea

  1. Este Cardeal apoiou o Aborto na Alemanha, e é companheiro do Hans Kung no alastramento do modernismo por lá. Sobre a questão do celibato x homossexualismo, é exatamente isso: uns dizem que não se deve rejeitar os homossexuais, e que deve-se combater os casos de pedofilia com a abolição do celibato; o que não pode é um padre heterossexual celibatário.
    .
    Aproveitando a passada, deixo aqui o texto: “Qual a verdadeira teologia do Vaticano II – Parte I”.
    .
    http://www.apostoladoshema.com/2010/03/qual-verdadeira-teologia-do-vaticano-ii.html
    .
    Paz e Bem!

  2. É sempre importante lembrar que o celibato NÃO É justificativa para a pedofilia, nem mesmo sua maior causa.

    Não me alegro em divulgar estas notícias, mas existe muito mais pedófilos fora da religião do que dentro dela – leia http://diasimdiatambem.wordpress.com/2010/03/11/celibato-e-pedofilia/ – e, por sua vez, exitem mais pedófilos protestantes que católicos – leia http://www.deuslovult.org/2010/03/29/padres-pedofilos-um-panico-moral-por-massimo-introvigne/

    Estas notícias não são motivo de alegria para os católicos, mas é importante que este tipo de notícia seja divulgada, para percebermos que a mídia anti-católica fica buscando mostrar apenas um detalhe da notícia com um objetivo claro (denegrir a imagem da Santa Igreja) em vez de noticiar o todo!

    Ignorância? Não creio. Má-fé? Tenho quase certeza.

    Um abraço fraternal

    • Caríssimo Leandro, Laudetur Dominus!

      Obrigado pelos links! Sem dúvida, é sempre importante demonstrarmos como a mídia é injusta em relação à Santa Igreja. E também o tamanho desta injustiça. O tratamento dado a casos envolvendo padres e o dado a casos envolvendo outros agentes é absurdamente desproporcional.

      Pax et Salutis

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s