Violência

(Aviso: Este post foi publicado no antigo Captare’s Battle Site. Portanto, muitas idéias aqui expressas podem não corresponder ao que penso atualmente, podendo até mesmo contradizer meu modo de pensar atual).

“A minha alma tá armada e apontada para a cara do sossego…
Pois paz sem voz…paz sem voz, não é paz, é medo!”

Um assunto muito sério tem chamado muito a minha atenção. Aliás tem chamado a atenção de todos os moradores da cidade do Rio de Janeiro. Aliás, pudera, é assunto de TODAS as edições de TODOS os telejornais que estão no ar atualmente! Exatamente, venho aqui falar sobre “A Violência na Cidade do Rio de Janeiro”.

Eu poderia simplesmente falar sobre “A Violência no Brasil”, ou “A Violência Mundial”, mas eu não tenho muita noção de como estão as coisas fora dessa cidade(comentários sobre isso serão muito bem-vindos), e eu não sou professor de geografia! Eu poderia simplesmente falar da “Violência”, mas o ponto de vista que eu quero abordar não é tão genérico assim, ele fica melhor se eu usar como exemplo a violência daqui da cidade!

Bem, chega de enrolação!

A violência aqui tá foda e todo mundo sabe disso! E os jornais ao invés de se preocupar em nos dar boas notícias para aliviar um pouco nossas aflições diárias ou, até melhor, sugerir soluções e alternativas para a questão da violência, só se preocupam em mostrar os fatos, da maneira mais assustadora possível! E as pessoas que vêem televisão, e que por sinal são muito influenciáveis, começam a ficar dia após dia mais paranóicas!!!

Tudo bem que a violência realmente está ficando fora de controle(aliás, já ESTÁ fora de controle!), que se você sai na rua, e não precisa ser nem muito tarde, você pode ser assaltado, levar um tiro de uma bala que ninguém sabe de onde veio, ser atacado por um “pit-boy” enlouquecido(Caraca! Essa foi infame!), mas tem uma questão aí no meio que ninguém ainda parou pra pensar e que é importante pra caramba!

O que torna a violência tão eficiente? A resposta é simples: É o MEDO!!! Nós não precisamos nem mesmo ser assaltados ou levar tiro. O nosso medo já nos mantém sob controle! A simples IDÉIA da violência já nos faz escravos!!!

A minha mãe é um exemplo muito bom disso: A pouco tempo atrás, o CIEP(Brizolão) onde ela trabalha como professora e apoio à direção, foi assaltado por um cara que entrou lá dizendo que queria fazer a matrícula de uma criança. Tem noção? O cara entrou armado no colégio e simplesmente assaltou a secretaria, na maior cara-de-pau! A conseqüência disso é que a violência carioca ganhou alguns pontos no conceito da minha mãe. E pra piorar ela é daquelas pessoas que “se alimenta” de notícias de jornal, as mais negativas é claro! Então ela deu pra implicar com o fato de eu sair toda sexta feira à noite, sozinho para um lugar não tão próximo(uns 2km de casa)que todos dizem ser perigoso. É nessas horas que eu digo pra ela:” Eu sei que a cidade anda perigosa e que a vida das pessoas vale muito pouco atualmente, mas o que eu vou fazer? Ficar trancado dentro de casa como se EU fosse o criminoso?! Qual é o meu crime? Querer viver um pouco??!!

Cheguei no ponto que eu queria! A violência só funciona, porque causa medo nas pessoas. o medo nos torna escravos de traficantes, assaltantes, tarados, pit-boys(hehe…), ou de coisas até piores! E nós não conseguimos ver a solução para a questão da violência aqui no Rio, uma vez que até os policiais estão envilvidos na criminalidade, e os bandidos estão cada vez mais abusados(Porra! Assaltar um CIEP, sozinho, em plena luz do dia e sair andando como se nada tivesse acontecido!!!). Mas o medo que nós sentimos de tudo isso é justamente o que faz eles ficarem mais abusados!

A solução que eu sugiro é: Vivam suas vidas! Saiam de casa à meia-noite sozinhos para ir ao centro da cidade! Ou à periferia! Esqueçam os assaltos e as balas perdidas! Essas coisas estão acontecendo mesmo quando a gente não tem medo. E ter medo de tudo isso não vai reslover o problema! Pelo contrário, você sofre por antecipação e dá mais crédito a esses abusados! E ainda corre o risco de adquirir uma “Síndrome do Pânico” de bobeira!

Alguns ainda vão pensar: Ah, não! Pra morrer na rua eu prefiro ficar em casa…ÓTIMO! E quando não tiver mais ninguém na rua, vocês acham que os bandidos vão tranqüilamente par suas casas ou vão se matar uns aos outros?! NADA!!! Eles vão é começar a saquear casas!!! E aí aonde você vai se esconder? Na geladeira?! Sem falar que dentro de casa aos poucos você vai ficando velho, rabugento e com as pernas doídas e arrofiadas!

Nas palavras do personagem principal do filme “O Homem que Copiava”:

“- Eu prefiro enfrentar a rua!”

Captare

**********

E>Olá!<3

Como andam as suas batalhas, Anjos Terrestres? Espero que não seja contra assaltantes e pit-boys(Juro que é a íltima vez que falo deles hoje!)!!!

Falando sério agora, na batalha que eu estava travando contra a preguiça e o óscio, já consegui algumas vitórias.

Estou bem animado pois consegui fazer uma reunião com o meu grupo jovem(da igreja, lembram?) que me deixou satisfeito: Foi bastante gente e eles estão dispostos a trabalhar! Antes, ou ia pouca gente, ou eles não queriam colaborar com nada! Parece que as coisas começa a se ajeitar nesse campo!

Outra coisa que me deixa animado é que a Falange vai poder finalmente voltar a ensaiar! O nosso baterista tava com problemas no braço mas parece que já tá tudo bem! Espero que nós possamos voltar nessa ou na outra semana!

Fora que eu estou treinando mais teclado, estou conseguindo estudar para os concursos que eu vou prestar e talvez comece a fazer auto-escola em breve. Ou seja, nem pensar em óscio por um bom tempo!

E vocês, estão osciosos? Então aproveitem e visitem o Blog “Fênix“, que fala sobre o serriado Small Ville(Aquele do superboy) e sobre como as emissoras de tv desrespeitam os fãs desses seriados. Passe também no “Legado do andarilho“, que tá falando sobre Honra! E filmes!

E>Até a próxima, se eu sobreviver é claro!<3
Captare

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s