Arte e liberdade

(Aviso: Este post foi publicado no antigo Captare’s Battle Site. Portanto, muitas idéias aqui expressas podem não corresponder ao que penso atualmente, podendo até mesmo contradizer meu modo de pensar atual).

Conceitos, idéias e manifestações de arte, por si só são inofensivos! O que os torna perigosos são o modo como são interpretados ou usados!

Um filme violento em si não seria responsável pela atitude de uma criança que quer imitá-lo. Um jogo violento em si não é responsável pelo comportamento de um jovem que entra no cinema com uma metralhadora atirando nos outros espectadores. Ler um livros de magia negra ou escutar uma música de “Black Metal” não fará de você um satanista. Para que tudo isso cause efeitos negativos é necessário que o ser humano faça escolhas. E elas são se apresentam no momento que o conceito ou a manifestação de arte toca o nosso emocional: Quando vejo um desenho, com uma boa história mas violento, eu me sinto influenciado a seguir aquela idéia, pois estou empolgado pela possibilidade que aquela boa história me apresenta. Se nada me dissesse que aquilo é certo ou errado eu seguiria este impulso. Mas o ser humano possui a inteligência, a razão. E então temos o direito da escolha pois sabemos se aquilo é certo ou errado.

Chega a ser absurdo, patético, ver como o ser humano se subestima, admitindo que pode ser controlado por uma música, um filme, ou um jogo! É quase o mesmo que admitir que somos simples animais que obedecem apenas aos instintos! Chegaram a criar teorias sobre a influência das mensagens subliminares, como elas afetam as pessoas, crianças, jovens!!! Pura influência, mas essa palavra nos faz esquecer que não somos obrigados a fazer nada que nos não queremos. Podemos até ser influenciados mas nunca obrigados. E por que tantos se esforçariam tanto para provar algo que é uma mentira? Simples: É mais fácil admitir que nós somos fracos( e insultarmos a nós mesmos!) do que lutar contra as influências que nós sabemos que são malignas! PREGUIÇA, é a palavra que me vem à mente!!!

Essa semana eu assisti um desenho muito interessante que fala sobre essa questão. É o longa metragem do seriado “South Park”, um seriado com crianças desbocadas e bagunceiras que aprontam todas que podem e que não podem(e que é muito engraçado diga-se de passagem…). No filme, a cidadezinha de South Park está em polvorosa com um novo filme canadense com dois caras muito mais desbocados ainda. Os pais das crianças, é claro, não gostam nada, nada de quando seus filhos começam a falar mais palavrões que o normal. Os pais então, ao invés de disciplinar eles mesmos seus próprios filhos, preferem culpar o Canadá pelo comportamento das crianças e começam um movimento que vai culminar numa guerra(MUITO sangrenta mesmo!) contra o Canadá. A mãe líder do movmento, quando questionada se aquilo tudo era realmente necessário diz que aquilo era necessário para qcriar um mundo melhor e mais puritano para seus filhos(sem comentários). A melhor tirada do filme vem da frase do próprio filho dessa “boa” mãe: “Você nunca conversa comigo. Eu sou o responsável pelos meus palavrões. Não culpe o Canadá, culpe a mim!”(ou mais ou menos isso…) Nota DEZ pela atitude!

Algumas pessoas(como minha mãe, é claro) podem até dizer que o desenho é muito pesado e não recomendado para crianças. Eu porém digo que qualquer coisa é recomandado para crianças desde que seja monitorado e seus conceitos sofram correção dos pais. Isso é educar: Orientar, não proibir!

Como já foi dito uma vez: O direito de escolha é o dom que nos torna imagens e semelhança de Deus. Não joguemos algo tão grande fora por causa do desespero ridículo por tudo o que é mais fácil!

************

E>Alô, Anjos Terrestres!<3

Tenho andado sumido, hein! Isso tem sido ruim pois não tenho atualizado o campo de batalha como deveria…Mas estou fazendo o possível! O texto sobre “O que é o Reino dos Céus” foi reformulado e agora está melhor para ler e entender. Em breve todos os outros textos indicados na Sessão estarão disponíveis…

Pessoal, o FÓRUM precisa de vocês! Participem dele! É sério, acreditem, vai ser um ótimo exercício para vossas mentes!(Isso ficou a cara do Andarilho…)
E por falar no Andarilho, passem no legado dele, e também no Blog “Fênix” da Marcela que tem sempre coisas boas para se refletir.

Nos vemos mais em breve do que da última vez!

E>Até lá!<3

Captare

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s